Notícias

GRAVIDEZ NA ADOLESCÊNCIA

GRAVIDEZ NA ADOLESCÊNCIA

2 meses atrás


Adolescência, que fase bonita da nossa vida. É a fase em que projetamos nossos sonhos e buscamos realidades para o futuro. É o momento de descobertas e de transição da criança que fomos para o adulto que nos tornaremos. Fase relativamente curta, dos 10 aos 20 anos de idade, mas que definirá a nossa vida. Se considerarmos vida média de 80 anos para os brasileiros, apenas 1/8 ou 12,5% é a que é chamada de adolescência.

Esse período é didaticamente dividido em três fases, a saber: Adolescência inicial, dos 10 aos 13 anos; Média, dos 14 aos 17 anos e a Tardia dos 17,5 aos 20 anos. Alguma variação em relação às idades pode ocorrer, dependendo da referência.

Em cada fase, os aspectos físico, metabólico, psicológico e religioso, são alvos de análise. Estudos comportamentais e planejamento visa dar apoio que o adolescente necessita. Tanto em casa quanto na escola ou no convívio com amigos, os adolescentes podem apresentar comportamentos diferentes, sendo muitas vezes difícil conhece-los por completo e entender seus anseios e objetivos existenciais.

Aqui em Mauá, segundo fontes da Prefeitura Municipal, das 1700 gestantes atendidas na rede municipal de saúde, 235 tem idade entre 10 e 19 anos, o que corresponde a 13,8% delas serem adolescentes.

Várias instituições nacionais e internacionais alertam sobre a gestação na adolescência em função do grande risco para a jovem grávida, para o concepto e para o binômio mãe-filho. Trabalhos científicos mostram consequências como evasão escolar, uma segunda gravidez em seguida e abandono do recém-nascido em alguma instituição. Também apontam o risco de nascimento de prematuros com alterações genéticas. Doenças infecciosas, anemia e hipertensão arterial grave e lesões pélvicas por procedimentos obstétricos na gestante. Fatores de ordem social e econômicas afetando as famílias direta ou indiretamente, faz com que observemos com mais atenção esse período.

Como Hebiatra, percebo a grande instabilidade e dúvidas que pairam sobre os adolescentes, pois ficam surpresos com o que aqui foi exposto.

Nessa semana de prevenção da gravidez na adolescência, é importante a participação dos profissionais da saúde, dos profissionais da educação, dos familiares e dos jovens para atingir o objetivo e fortalecer os laços familiares.

Dra. Marcia Aparecida Picolli-Médica Pediatra-Hebiatra-Nutróloga da CRSMCA-Mauá